26 de mai de 2011

Velejando pelas ilhas gregas


Já imaginaram férias mais espetaculares do que uma semana velejando pelo azul transparente do Mar Egeu e conhecendo as mais lindas ilhas gregas? Difícil!

Pois foi isso que fizemos em outubro de 2008. Contratamos um pacote da operadora GAP com saída de Santorini e chegada em Mykonos. O pacote não inclui parte aérea, então, a chegada lá foi por nossa conta.

Eis o relato dia a dia do passeio. Clique nas fotos para ampliar.

Dia 1

Chegamos em Santorini no fim da manhã. Demos uma volta pelo centro para apreciar a incrível vista da cratera do vulcão, a clássica cena grega com casinhas brancas na beira de um precipício sobre o azul do mar.

Depois de algumas outras voltas, nos encontramos com o grupo às 17h num restaurante junto de uma marina no sul da ilha. Fizemos as apresentações e as formalidades, conhecemos o barco e nos acomodamos nas cabines. Jantamos no mesmo restaurante e dormimos no barco ainda na marina.







Dia 2

Levantamos âncora às 11h30 e fomos até Oia, do outro lado da ilha, onde paramos para um mergulho. Seguimos até Ios e ancoramos às 17h30. Fizemos compras para abastecer o barco de comida e jantamos em um restaurante.

A chegada a uma ilha é uma experiência envolvente: encontrar o desconhecido, achar um lugar na marina, manobrar o barco e finalmente pisar em terra firme... dá pra imaginar porque tanta gente não consegue viver sem isso. A busca por mantimentos no novo porto e a descoberta das atrações locais são aventuras cativantes.





Dia 3

Cedo pela manhã, pegamos um ônibus até o centro de Ios e conhecemos vila. Deixamos Ios às 11h30 e chegamos a Folegandros às 16h. Passeamos pela vila e vimos o pôr do sol do alto da colina do Monastério. Jantamos na vila, em um restaurante com um enorme pátio arborizado.

Folegandros é a menor ilha do arquipélago das Cíclades, e de longe a mais tradicional. A ausência quase total daquele ambiente turístico tão comum nas outras ilhas passa a sensação de que estamos mesmo em um local intocado pela modernidade. A vila é de um sossego contagiante: só dá vontade de sentar numa mesinha de rua de algum bar e ficar ali apreciando uma Alfa gelada.





Dia 4

Saímos às 8h30 para Naxos, onde chegamos às 16h. Passeamos pela ruas centrais da cidade medieval murada. Mais tarde, jantamos em um restaurante mexicano e depois tomamos uns drinks em um bar.

Naxos é uma grande cidade com um lindo centro histórico medieval da época das cruzadas. Situado em uma área elevada junto ao mar, pode-se ver a marina com os veleiros ancorados e os barcos de pesca descarregando sua carga. Em um istmo, encontra-se o Portão de Apolo, de onde se tem linda vista da cidade e do pôr do sol.





Dia 5

Permanecemos em Naxos. Pela manhã, visitamos os museus Metropolis e Veneziano. À tarde, demos uma rápida caminhada até as águas transparentes da praia de Agios Giorgio e depois vimos o pôr do sol a partir do Portão de Apolo. Jantamos em um restaurante no centro, com vista para o mar.


Dia 6

Saímos às 9h30 e chegamos às 16h30 em Syros. Foi o dia de mar mais agitado, com garoa e vento forte. Nessas horas, notamos que tem experiência com barcos e quem não tem! Depois de conseguir um lugarzinho numa marina afastada, pegamos um ônibus até o centro para conhecermos a grande cidade, que é a capital das Cíclades.

Syros é uma cidade moderna, com trânsito movimentado e lojas de grife. As principais atrações da cidade são a enorme praça da prefeitura, rodeada de lojas, restaurantes e skatistas, e a igreja ortodoxa Anastasis, no alto de um morro, com uma magnífica vista da cidade e do mar.





Dia 7

Pela manhã, passeamos mais pela cidade. Saímos às 14h30 e chegamos às 16h em Mykonos, última ilha do passeio. O tempo estava ruim, com muita chuva, e ficamos no barco até 21h, quando saímos para jantar perto da marina.


Dia 8

No último dia do tour, demos adeus ao barco às 10h e pegamos um táxi para o centro de Mykonos, até o  hotel onde ficaríamos por mais um dia.

Mykonos é linda, com as tradicionais ruelas de casinhas brancas e janelas azuis, mas completamente voltada ao turismo. Lojinhas descoladas, restaurantes sofisticados, bares movimentados... Tudo muito legal e muito encantador. Destaques para 
  • Little Venice, um conjunto de casas diretamente sobre o mar
  • os moinhos de vento
  • as praias para todos os gostos, das mais tranquilas às mais badaladas
  • o porto antigo, com seus barcos de pesca